Vereadores de Santana do Cariri acusam presidente da Câmara de fraudar eleiçoes

Pedido de Impugnação

O clima está quente na Câmara Municipal de Santana do Cariri. Um grupo de vereadores se retirou da última sessão após a chapa que faziam parte na eleição da nova mesa diretora ter sido impugnada e retirada da disputa de modo, segundo eles, arbitrário por parte do presidente.

O presidente Chico Lopes alegou três motivos pelos quais a chapa encabeçada pela vereadora Luciene Soares não poderia participar da votação.

Ele alega que assinatura do registro de candidatura não é da vereadora, diz que a chapa não foi protocolada no prazo determinado pelo regimento e que os demais membros da chapa não assinaram o registro.

Todas as informações foram repassadas pelos vereadores João Cabral, Lucas Matias, Fernando Maia e Luciene Soares durante entrevista a uma rádio de Juazeiro do Norte.

O grupo de parlamentares que sentiu prejudicado, no entanto, nega que tenha respaldo as alegações do presidente e afirmam que Chico Lopes legisla em interesse próprio, pois faz parte da base e é tio do atual prefeito Pedro Henrique (MDB).

De acordo com João Cabral, a chapa foi registrada com 48 horas de antecedência, como pede o regimento interno da Câmara. Ainda segundo o parlamentar, a votação que elegeu a chapa vencedora não deveria ter ocorrido, já que no momento da votação apenas 4 vereadores estavam em plenário, sendo regimentar que hajam pelo menos 6.

O grupo de vereadores que se sentiu prejudicado com a impugnação se retirou do plenário antes que os votos começassem a ser contabilizados para tentar barrar a votação, mas os trâmites continuaram normalmente.

Os parlamentares farão mais um movimento durante a sessão da próxima quinta-feira (8). Segundo João Cabral, o artigo nove do regimento interno da casa diz que qualquer vereador pode pedir impugnação de uma chapa vencedora, e que a decisão deverá ser tomada em plenário. Como são sete parlamentares, eles esperam derrubar o grupo vencedor já na próxima sessão ordinária.

O Miséria tentou contato com o presidente Gildo Loes através do número de final 3282 mas as ligações não foram atendidas ou não completaram




Fonte Site Miséria
Texto Felipe Azevedo/ Agência Miséria

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais