Traficante foi morto por espancamento na cadeia pública de Juazeiro

Homicídio em Juazeiro

Após onze dias sem o registro de homicídios em Juazeiro do Norte um detento da cadeia pública denominada “Tourinho” foi assassinado ao ser espancado por colegas de cárcere na manhã desta terça-feira. O corpo de Elivaldo Geraldo de Souza, de 35 anos, que residia na Avenida Antônio Correia Saraiva (Bairro Santo Antônio) em Barbalha, apresentava vários hematomas na cabeça.

Segundo familiares, ele estivera na manhã de segunda-feira na Perícia Forense de Juazeiro para fazer um exame de corpo de delito. É que o mesmo já tinha sido espancado durante o banho de sol no dia de ontem. Elivaldo responde por crime de tráfico de drogas, pois tinha sido preso por uma equipe da Força Tática (FT) no final da manhã da última sexta-feira perto de sua casa com 21 gramas de cocaína e mais uma balança de precisão.

O último homicídio em Juazeiro tinha ocorrido no dia 1º de fevereiro. O jovem Wellington Romão Barbosa, de 18 anos, o “Zoim” que era doente mental e residia na Rua Maria Hilda (Campo Alegre), morreu em intervenção policial. Uma patrulha da CPA estava averiguando denuncias sobre a venda de drogas num bar perto da Socil e o rapaz – filho do proprietário – teria tomado a arma de um dos PMs quando apontou na direção deste e foi contido com um tiro que causou sua morte.




Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais