Tentativas de homicídios à bala e faca em Mauriti, Várzea Alegre, Barbalha e Assaré

Atentados

Foto: Arquivo/Agência Miséria

O plantão policial deste final de semana no Cariri registrou quatro tentativas de homicídios, sendo duas à faca em Mauriti e Várzea Alegre e outras duas à bala em Barbalha e Assaré. Além disso, dois casos de violência doméstica em Várzea Alegre e Juazeiro. Na tarde de sábado, um entrevero motivado por conta de uma broca na zona rural de Mauriti resultou em lesões corporais.

Foi no Sítio Guigó (Distrito de Palestina), onde o agricultor José Domingos Firmino, o Pité”, foi esfaqueado no abdômen por seu primo e também agricultor Elias Faustino da Silva, o “Guinho”. A queima da broca teria danificado algumas estacas da cerca do acusado que foi tomar satisfação surgindo uma acirrada discussão e o atentado à faca. No conflito, “Guinho” também saiu lesionado na cabeça e fratura no braço esquerdo.

Já na manhã deste domigo, porém na Rua Durval Soares em Várzea Alegre, dois homens lesionaram outro a golpes de faca quando a polícia foi acionada e uma patrulha da PM esteve no local. Ali estava a vítima residente na Vila Cacilda (Bairro Betânia) que terminou socorrida pelos policiais ao hospital local. Ele informou que o motivo do atentado foi briga de facções já que a vítima responde por um homicídio a pedradas em Várzea Alegre.

Por volta das 13 horas, ainda no sábado, no bairro Bela Vista em Barbalha, foi registrado um atentado à bala mais precisamente na Rua T-19 daquele bairro. Cícero Artur Matias foi baleado pelo dono de um lava a jato identificado apenas pelo apelido de “Keka” e socorrido ao Hospital São Vicente de Paulo. O acusado fugiu não sendo localizado nas diligências da polícia que soube que a motivação seria conflitos entre as famílias de ambos.

Às 20h30min também de sábado, na Vila Feliz em Assaré, o menor de iniciais L. C da S., de 17 anos, residente na Rua Sagrada Família (Bairro Serra da Ema), naquele município, foi lesionado com um tiro. Uma patrulha da PM com os Sargentos Jairo e Airton e os Soldados Dhárcio e David esteve no local, onde já se encontrava uma ambulância do SAMU que o socorreu ao Hospital de Assaré. O autor do disparo foi uma pessoa identificada apenas por “Zé Paulo” que fugiu e a vítima terminou transferida ao Hospital Regional do Cariri (HRC) em Juazeiro

MARIA DA PENHA – Já na tarde de sábado, no Sítio São Vicente perto do Açude Olho D’água em Várzea Alegre, uma pessoa chegou na casa dos pais embriagada quebrando utensílios domésticos e ameaçando-os com uma faca. O mesmo fugiu por um matagal antes da chegada da polícia. Por volta das 20 horas de domingo, porém na Rua Luiz Silva Soares (São José) em Juazeiro, uma mulher de 47 anos, acionou a PM informando que um homem ali estava ameaçando-a e querendo atear fogo no colchão.




Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais