Suspeito de envolvimento em 5 homicídios foi morto a tiros quando dormia em Salitre

Homicídio no Cariri

Após pouco mais de sete meses de tranquilidade, um homicídio foi registrado em Salitre na região do Cariri. Por volta das duas horas da madrugada desta segunda-feira o jovem Diego Miramar Bezerra, de 22 anos, estava dormindo num colchonete no quarto de sua casa quando foi executado com vários tiros de arma de grosso calibre. Segundo testemunhas, dois homens chegaram numa moto e arrombaram a porta do imóvel no Sítio Roncador a uma distância média de 5 Km para o centro de Salitre.

Foram muitos os disparos, sendo a maioria na cabeça e as paredes do quarto apresentavam várias perfurações segundo a constatação de uma patrulha da PM de Salitre que esteve no local com os Soldados Alielton, Magno e Ronaldo Dias. De acordo com a CIOPS, Diego tinha várias passagens pela polícia por crimes de trânsito, três furtos – incluindo um veículo -, tráfico de drogas, associação criminosa e cinco homicídios. Em 2015 ele denunciou ter sido vítima de crime de tortura em Salitre acusando Wildmark Pinto da Silva e Paulo Cesar de Sousa Martins.

Este foi o primeiro homicídio do mês de novembro em Salitre e o quinto de 2018 no município ou a mesma quantidade em relação ao ano passado. O último assassinato deste ano tinha acontecido no dia 18 de abril quando o comerciante Guedes Asselino dos Santos, de 57 anos, o “Véi Preto”, foi morto no interior do seu mercantil no Sítio Barreiros por um homem que ali chegou e já foi atirando. Ele respondia procedimento por crime de trânsito e uma ameaça.




Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais