Polícia prende grupo chefiado por colombiano suspeito de agiotagem no interior do Ceará

Carro e dinheiro apreendidos

Por volta das 20h30 desta quarta-feira (10), policiais militares comandados pelo Major Giovani Sobreira, comandante do 10 BPM, com o delegado regional de polícia civil de Iguatu, Marcos Sandro Nazaré de Lira, tomaram conhecimento que homens estavam praticando crimes de agiotagem.

Foram presos Ricardo Galvis Tangarife, 30, que é natural da Colômbia e sua companheira, Joilma Félix de Oliveira, 31 anos, natural de Lavras da Mangabeira. O casal foi preso na rua Mundinho Teixeira, 1224, no bairro Altiplano, onde residia. Em seguida também foi preso Daniel da Silva Izidio, 26 anos, de Fortaleza, residente no loteamento Terra Bela, de Iguatu.

Com o trio, os policiais apreenderam 927 reais em moeda nacional, uma nota falsa de 100 reais, 3 celulares, um bloco de recibo, um bloco de nota promissória, etiquetas de venda de mercadoria a crédito, documentos de veículos, comprovantes de depósitos bancário com valores entre R$ 1.300,00 e R$ 4.200,00.

Também foi confiscado um automóvel Chevrolet Onix branco, de placas PDX 4002, cartões de visita e duas motos.O delegado Marcos Sandro afirmou que o grupo atuava nos municípios de Icó, Iguatu e Acopiara. Os juros eram diário de 20%.

A polícia civil continua em diligências para localizar vítimas dos crimes de extorsão da quadrilha capitaneada pelo colombiano Ricardo Galvis. O flagrante foi feito pelo delegado plantonista Wesley Alves.

Todos foram indiciados por formação de quadrilha,crime de usura e moeda falsa. Segundo o a PM, há cerca de três anos o grupo atuava na região centro sul. Um inquérito policial já estava em andamento para investigar a atuação dos colombianos no ramo de empréstimos de dinheiro sob juros abusivos.

O titular da delegacia regional de Iguatu, Marcos Sandro Nazaré de Lira, entrará em contato com a Polícia Federal para saber da situação co colombiano Ricardo Galvis no país. Os clientes dos delinquentes eram comerciantes.

A polícia investiga também o envolvimento de outras pessoas com ligações com o colombiano na região.




Fonte Site Miséria
Texto Richard Lopes

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais