Mulher morta a facadas em Várzea Alegre e o marido está sob escolta da PM no HRC em Juazeiro

Feminicídio no Cariri

O corpo de uma mulher foi encontrado por volta das 17 horas deste domingo na estrada de acesso ao Sítio Croatá (Distrito de Canindezinho) na zona rural de Várzea Alegre. Amanda Jéssica de Lima, de 31 anos, residia no Sítio Queixada naquele distrito e apresentava perfurações a golpes de faca no pescoço. O principal suspeito é o seu próprio companheiro identificado apenas por “Elias” que está lesionado à faca no pescoço e abdômen e internado em estado grave no Hospital Regional do Cariri em Juazeiro, sob escolta da PM.

A tese inicial é que o mesmo tenha esfaqueado a companheira e tentado o suicídio. Segundo o Capitão Juarez, pela manhã a polícia de Várzea Alegre foi informada sobre o suposto roubo da moto do casal. “Elias” teria sido esfaqueado pelos ladrões e socorrido ao hospital, enquanto sua mulher estava desaparecida. A moto logo foi encontrada não tão distante do local onde tudo aconteceu e recolhida ao pátio da delegacia.

Diligências foram feitas por patrulhas da PM na área em que os dois tinham sido vistos pela última vez até o achado do cadáver surgindo a ideia que ela teria sido morta pelo marido o qual, depois, tentara o suicídio. O relacionamento dos dois durou algum tempo e até tiveram filhos, mas chegaram a separar reatando a relação recentemente e marcada por conflitos.




Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais