Morto no Jardim Gonzaga jovem que matou dois em Juazeiro e outro em Barbalha

Homicídio em Juazeiro

“Fernandinho” foi baleado no bairro Jardim Gonzaga e morreu no HRC em Juazeiro (Arquivo/Agência Miséria)

Baleado por volta das 17h30min deste domingo na Rua Geraldo Lacerda Botelho (Jardim Gonzaga) em Juazeiro, Fernando Paz da Silva, de 28 anos, o “Fernandinho” que residia no Sítio Lagoa em Barbalha, morreu às 21 horas no Hospital Regional do Cariri. Ele tinha várias passagens pela polícia e, recentemente, ganhou liberdade da cadeia pública de Juazeiro. No local, ninguém soube passar informações sobre a autoria do crime para militares do Policiamento Ostensivo Geral (POG) que ali estiveram.

A última prisão de Fernandinho foi no dia 6 de novembro de 2017 numa perseguição policial que começou na zona rural de Barbalha e terminou no bairro Lagoa Seca em Juazeiro. Ele estava com três colegas numa caminhonete branca no Bar do Elisário na Vila Santa Luzia e contra Fernandinho existia um mandado de prisão pelo assassinato do pedreiro Elias da Silva Paz, de 37 anos, que residia no Parque Bulandeira, onde foi morto a tiros no Boteco do Jabá na madrugada do dia 24 de setembro de 2017.

Em Juazeiro, ele já tinha matado Maciel do Nascimento, de 22 anos, dentro de sua casa no bairro João Cabral no dia 19 de maio de 2015, mas foi absolvido pelo Tribunal do Júri no dia 14 de agosto de 2017. Outro homicídio atribuído a ele em Juazeiro foi no dia 2 de maio de 2015 contra Adriano da Nóbrega Alves, de 32 anos, no bairro Limoeiro, porém ganhou nova absolvição do Tribunal no último dia 6 de setembro de 2017 quando deixou o presídio pela primeira vez.




Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais