Menor de 17 anos é morto a tiros durante show LGBT em Juazeiro e jovem assassinado em Crato

Homicídios no Cariri

“Pingo” tinha várias passagens pela polícia em Juazeiro (Foto: Reprodução/ Redes sociais)

Dois homicídios foram registrados num curto intervalo de meia hora na noite deste domingo nos municípios de Juazeiro do Norte e Crato. Por volta das 20h30min o adolescente Guilherme Carlos Vieira de Queiroz, de 17 anos, que era apelidado por “Pingo” e residia no bairro Pirajá, foi morto a tiros na Praça dos Ourives (Bairro Franciscanos) em Juazeiro. Ali acontecia um show após a 18ª Parada do Orgulho LGBTI e o tiroteio causou correria e muitos gritos.

Apesar da pouca idade, “Pingo” era suspeito de envolvimento em dois homicídios em Juazeiro. Recentemente, tinha sido apreendido com uma moto roubada no Sítio Estrela em Barbalha e lesionou um desafeto a facadas por ocasião do Juaforró em Juazeiro. Esta semana fugiu de uma equipe do RAIO com uma moto roubada e a abandonou na Avenida José Bezerra se escondendo num matagal. O assassinato de “Pingo” foi o sétimo homicídio de julho em Juazeiro e o 50º do ano no município.

CRATO – Já por volta das 21 horas outro homicídio à bala foi registrado em Crato mais precisamente na Travessa Barbalha ao lado do posto de saúde do bairro Seminário. O jovem Danilo Olegário Dias, de 27 anos, que era apelidado por “Danilo Porcão” e morava na Travessa Caririaçu naquele bairro, foi executado a tiros no rosto. O mesmo possuía vasta ficha criminal se constituindo no primeiro homicídio do mês de julho em Crato e o 14º do ano no município ou 27% na comparação com os 52 assassinatos registrados no decorrer do ano passado.




Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais