Identificado corpo de andarilho apedrejado em Juazeiro e jovem morre após acidente em Jardim

Pefoce do Cariri

Pefoce liberou o cadáver de “Ciço Carroceiro” ainda na tarde de ontem (Foto: Guto Vital/Agência Miséria)

Na tarde desta terça-feira, enquanto a Perícia Forense de Juazeiro liberava o corpo de um rapaz vítima fatal em acidente com motocicleta em Jardim, ali chegavam familiares do morador de rua que morreu após ser apedrejado perto da Basílica Menor de Nossa Senhora das Dores. No caso do acidente, Cícero Roberto do Nascimento, de 29 anos, residia na Sítio Brejinho em Jardim e morreu ontem no Hospital São Vicente de Barbalha. Noe domingo (28) ele caiu de uma moto na Vila Santa Terezinha em Jardim.

Já o andarilho que foi apedrejado na noite do dia 23 ao lado da Basílica de Juazeiro e morreu na madrugada de quarta-feira (24) no Hospital Regional do Cariri, foi identificado como sendo Cícero do Nascimento, de 50 anos. Ele era de Missão Velha e o apelido em Juazeiro era este por conta da cidade onde nasceu, mas, por lá, era conhecido como “Ciço Carroceiro”. O mesmo foi morto a pedradas após discutir com outro morador de rua.

Era ex-presidiário e respondia, desde 2012, procedimento que tramitava em segredo de justiça. Além disso, crimes de furtos e violência doméstica já que, em abril de 2011, agrediu Jociana Alves Paulino em Missão Velha. Por outro lado, ainda não foi liberado e está numa das geladeiras da Pefoce Cariri o corpo do adolescente Guilherme Carlos Vieira de Queiroz, de 17 anos, o “Pingo”, que foi morto a tiros na noite de domingo na Praça dos Ourives em Juazeiro. O problema é a incompatibilidade nos documentos.




Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais