Homem teve a casa invadida em Crato e foi morto a tiros esta madrugada

Homicídio em Crato

Aluísio morava na Rua São Raimundo no bairro Batateiras em Crato (Reprodução/Google Street View)

Após nove dias sem o registro de homicídios em Crato uma pessoa foi morta a tiros já nesta segunda-feira naquele município. Por volta de uma hora da madrugada de hoje Aluísio Gomes Coelho, de 38 anos, foi morto a tiros dentro de sua casa na Rua São Raimundo (Bairro Gizélia Pinheiro) em Crato. Uma patrulha da PM esteve no local, mas não obteve informações sobre a autoria delitiva.

A vítima tinha passagens pela polícia por porte de arma de fogo e já fora vítima de duas tentativas de homicídios. Em março de 2010 tendo como indiciados Jorge Rodrigues da Silva e Jose Nunes de Moura e a outra em novembro de 2016. Dois irmãos de Aluísio no caso Antonio Paulo Gomes Coelho, o “Deinha”; e Geraldo Gomes Coelho, de 35 anos, o “Geraldinho”, são acusados de vários homicídios e outros crimes em Crato.

Este foi o segundo assassinato de fevereiro em Crato e o oitavo do ano no município. O outro deste mês tinha acontecido na noite do dia 6 de fevereiro quando Wisley de Lima, de 25 anos, foi morto a tiros em sua casa na Rua Manoel Almino do Conjunto Vitória Nossa (Bairro Seminário) em Crato. O crime foi praticado por dois homens que fugiram numa moto e a vítima respondia por furtos e roubos.




Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais