Homem morto a pedradas na cabeça em Jati no segundo homicídio do ano

Homicídio no Cariri

Corpo foi recolhido pelo rabecão, a fim de ser necropsiado na Pefoce de Juazeiro (Reprodução)

Mais um homicídio foi registrado no município de Jati se constituindo no segundo do ano no município ou 66% em relação aos três assassinatos no decorrer do ano passado. Por volta das 14 horas desta sexta-feira o agricultor Edmilson Júnior da Conceição, de 48 anos, foi morto a pedradas na cabeça. O crime aconteceu dentro de sua casa na Avenida José Humberto de Alcântara, no centro da cidade, e ali esteve uma patrulha da PM que não conseguiu informações sobre a autoria do homicídio.

O outro homicídio deste ano em Jati tinha acontecido na noite do dia 7 de janeiro quando o agricultor Manoel Delfino da Silva, de 48 anos, o “Manezão” foi morto a tiros de espingarda artesanal. Ele não tinha passagens pela polícia, residia no Sítio Cajueiro na zona rural de Jati e o crime aconteceu no Sítio Baixa Grande naquele município. O autor dos disparos foi o também agricultor e enteado da vítima, Carlos Antonio de Oliveira, de 35 anos, morador da localidade, o qual terminou preso no dia seguinte.




Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais