Homem é preso com carro roubado em Missão Velha

Latrocínio no Cariri

"Rubinho" foi preso no final da manhã desta terça-feira em Juazeiro (Reprodução/Redes sociais)

A polícia descobriu que o assassinato de Francisco das Chagas Rodrigues de Oliveira, de 36 anos, teve como objetivo o roubo do seu carro se constituindo num crime de latrocínio. Ele era autônomo, morava na Rua Antonio Soares da Silva (Campo Alegre) em Juazeiro e teve o corpo encontrado no final da manhã do dia 24 de novembro às margens da CE-292 no Sítio Cacimbas em Missão Velha. Estava envolto em cordas, estrangulado, com hematoma no olho direito e traumatismo craniano.

Segundo o Tenente Lindemberg, Comandante da Subagência de Inteligência do 2º BPM, a descoberta se deu mediante averiguações em torno do paradeiro do carro da vítima no caso um CrossFox de cor preta e placas HYB-1717, inscrição de Juazeiro. Por volta das 11 horas desta terça-feira o veículo foi encontrado numa casa na Rua Manoel Cassimiro (Jardim Gonzaga) em Juazeiro. Entretanto, a dona do imóvel disse que era do vizinho Francisco Gilvan da Cruz Andrade, de 25 anos, o “Rubinho”.

Leia também

Imediatamente, os policiais militares foram na casa ao lado e o prenderam. Já sabiam até que o mesmo possuía um revolver, mas a arma não foi encontrada. Inclusive, “Rubinho” apresenta um ferimento supostamente à bala e não explicado devidamente. Ele atribui a uma pessoa apelidada por “Neguinho” a condução do carro até o local onde foi encontrado pela PM e negou envolvimento no crime. O mesmo foi autuado por receptação e caberá a Polícia Civil aprofundar as investigações.

Uma verificação junto ao Site do Tribunal de Justiça do Ceará mostra que “Rubinho” responde apenas por um crime de posse ilegal de arma de fogo. Às 18h30min do dia 27 de julho de 2017 ele foi preso em sua casa por uma equipe do RAIO Fiscal. Os policiais souberam por populares que ele possuía uma arma de fogo e, nas averiguações, os PMs encontraram um revólver calibre 38 com seis cartuchos intactos dentro do galinheiro no fundo do quintal e enrolado numa toalha.




Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais