Ex-presidiário investe para cima de PMs de Porteiras com faca quando foi baleado e morreu

Intervenção policial

Intervenção policial aconteceu perto da casa de Ednagilo na Rua Sargento Cícero Dantas em Porteiras (Foto: Reprodução/Google Street View)

Um homem morreu por ocasião de uma intervenção policial no início da noite deste domingo no município de Porteiras na região do Cariri. O ex-presidiário José Ednagilo Alves Campos, de 32 anos, que residia na Rua Sargento Cícero Dantas (Bairro Tabocas) em Porteiras, morreu ao dar entrada no Hospital Geral de Brejo Santo para onde foi socorrido após ser lesionado com um tiro na coxa esquerda. Na tarde do domingo a polícia foi acionada por conta de um homem armado com faca e ameaçando populares.

Uma patrulha do Destacamento de Porteira esteve no local e soube que o mesmo apresentava sinais de ter usado drogas quando descia e subia um morro próximo. No primeiro momento não foi encontrado pelos PMs que ali retornaram após novo chamado, pois as pessoas estavam temendo algo pior praticado por Ednagilo. Quando se aproximaram do mesmo, o ex-presidiário investiu para cima da equipe com a arma branca no que um disparo terminou efetuado no sentido de contê-lo.

Ednagilo ainda foi socorrido ao hospital local e transferido ao de Brejo Santo onde morreu. Ele morava sozinho após expulsar a mãe de casa e já ficou um bom tempo preso em Juazeiro. O mesmo respondia procedimento que tramitava em segredo de justiça na comarca de Porteiras. Em agosto de 2013 foi preso com mais três pessoas com drogas, enquanto em setembro de 2016 praticou furto em Brejo Santo e, em maio deste ano, danos materiais em Porteiras contra o irmão Evilasio Alves Campos.

Este foi o primeiro homicídio do mês de julho em Porteiras e o quarto de 2019 no município ou o dobro na comparação com o ano passado. O último acontecido este ano tinha sido no dia 14 de junho quando o agricultor Cícero Costa dos Santos, de 47 anos, morreu no Hospital Santo Antonio de Barbalha. No dia 9 de junho ele foi vítima de espancamento em Porteiras onde residia e, na época, a reportagem do Site Miséria não conseguiu maiores detalhes sobre o crime e nem a localidade na qual a vítima morava.




Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais