Mulher é morta a tiros em Lavras da Mangabeira e seu marido baleado

Homicídio em Lavras

“Leleca” respondia procedimento por tráfico de drogas a exemplo do marido (Reprodução/Redes sociais)

Uma mulher foi assassinada esta noite em Lavras da Mangabeira se constituindo no terceiro homicídio do mês de maio e o quinto do ano no município ou três a mais que o ano passado. Por volta das 20h30min desta quinta-feira uma casa situada no Bairro Nova Cidade perto do Bar Sobradão foi invadida e houve disparos de arma de fogo. Ali esteve uma patrulha da PM, mas as vítimas tinham sido socorridas ao Hospital São Vicente Férrer por familiares.

A jovem Maria da Glória Pereira Machado, de 33 anos, a “Leleca” já chegou sem vida após ser atingida com três tiros entre a clavícula e o abdômen. Já o marido dela Aparecido Júnior de Souza Alves, de 30 anos, foi baleado com cinco tiros nas pernas e terminou transferido ao Hospital Regional do Cariri em Juazeiro. Os dois respondiam procedimentos por tráfico de drogas e, recentemente, ele deixou a cadeia pública de Juazeiro passando a usar tornozeleira eletrônica.

Esta foi a 12ª mulher assassinada este ano na região do Cariri e a terceira em Lavras da Mangabeira. As duas anteriores foram: Nayara Kelly do Nascimento Lima, de 18 anos, morta a tiros no dia 14 de janeiro num trailer no Parque do Povo e a aposentada Luzia Antonia Bezerra, de 79 anos, a “Dona Meiota”, por asfixia dentro de sua casa no Distrito de Quitaius. O autor desse latrocínio foi preso no caso a travesti e usuária de drogas Cícero Emanuel Batista Alves, de 24 anos, a “Manu”.




Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório
Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais