Homem tornozelado foi morto em Barro com um tiro de escopeta no rosto

Homicídio no Cariri

“Charles” foi morto a tiros na tarde desta quinta-feira em Barro (Reprodução)

Pouco mais de dez meses depois um novo homicídio foi registrado no município de Barro na região do Cariri. Por volta das 15 horas desta quinta-feira o agricultor José Barbosa da Silva, de 49 anos, que era apelidado por “Charles”, foi morto com um tiro de escopeta calibre 12 no rosto. O crime aconteceu num matagal perto da casa da vítima no Sítio Mandassaia na zona rural de Barro e ninguém na localidade soube dar informações em torno da autoria delitiva.

Ele usava tornozeleira eletrônica após conquistar o regime semiaberto e a liberdade da cadeia pública de Juazeiro no mês passado juntamente com o seu filho. Ambos tinham sido autuados em flagrante pelo Delegado de Polícia Civil, Paulo Hernesto, no mês de fevereiro, por crime de tráfico de drogas. É que a polícia tinha prendido pai e filho ao descobrir um plantio de maconha na sua propriedade. Antes, “Charles” tinha residido no Sítio Mamoeiro na zona rural de Milagres.

Este foi o primeiro homicídio de 2020 em Barro ou a metade em relação aos dois assassinatos registrados no decorrer do ano passado no município. O último tinha acontecido no dia 11 de junho quando o agricultor Manoel Roberto da Silva, de 50 anos, o “Rasgami”, morreu no Hospital de Brejo Santo. Ele morava na Rua Mestre Bizil da Vila São José e, no dia anterior, foi lesionado a pauladas durante bebedeira por Jurandir Barbosa da Silva, de 38 anos, o “Corote” terminou preso.




Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais