Jovem de 19 anos foi morto a tiros em Crato na noite deste domingo

Homicídio em Crato

Paulo foi morto a tiros em Crato (Reprodução/Redes sociais)

Um homicídio foi registrado por volta das 21 horas deste domingo na calçada de uma casa na Rua Fernando Arrais Feiosa perto da Praça dos Quatro Bancos (Bairro Seminário) em Crato. O gesseiro Paulo Henrique Gomes de Sousa, de 19 anos, seguia para sua residência na Travessa Potengi naquele bairro quando foi surpreendido pelos disparos de arma de fogo. A polícia foi avisada e uma patrulha da PM esteve no local, mas não obteve informações sobre a autoria delitiva.

Quando tinha 17 anos, Paulo foi apreendido na Vila São Francisco do Sítio Quebra em outubro de 2017. Ele estava com José Bruno Alves Pereira, de 21, e Danielle Alves Pereira , de 24, ali residentes; Domingos Pereira da Silva, de 20 anos, e outro menor. Com eles, a polícia apreendeu dois revólveres calibre 38, uma munição calibre 12, oito trouxinhas de cocaína, 19 pedras de crack, 24 trouxas de maconha, um narguile, dois relógios, uma câmera digital e R$ 750,00 em dinheiro.

Este foi o terceiro homicídio do mês de abril em Crato e o 17º do ano no município ou 74% em relação aos 23 assassinatos registrados no decorrer do ano passado. O último tinha acontecido na tarde do dia 5 quando Carlos Felipe Gomes Batista, de 22 anos, que residia na Rua Timbaúbas (Bairro Gisélia Pinheiro), foi morto com um tiro dentro de uma passagem molhada do Rio Batateira perto de sua casa por dois homens. Ele já tinha sido vítima de atentado à bala e praticou lesões e assaltos.




Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais