Veja imagens de canoa afundando em Tarrafas causando a morte do dono e pessoas resgatadas

Afogamento no Cariri

Canoa afundou por volta das 17 horas de ontem em Tarrafas causando a morte de “Antonio Juraci” (Reprodução)

Mais um caso de afogamento foi registrado nesta terça-feira na região do Cariri. O agricultor Antonio Teixeira da Silva, de 54 anos completados no último dia 6 de março e conhecido como “Antonio Juraci”, teve o corpo encontrado por volta das 16 horas nas águas do Rio Bastiões na zona rural de Tarrafas. Ele era dono de uma canoa e estava fazendo a travessia de populares de um lado para outro da CE-375 por conta da água ter inundado a rodovia estadual.

Trata-se de uma espécie de passagem molhada com a ponte submersa na saída de Tarrafas em direção ao município de Jucás com cerca de um metro acima do nível da estrada e forte correnteza. No momento em que fazia mais uma “viagem” entre um lado e outro já chegando perto do destino final a canoa afundou exatamente do lado onde Antonio estava remando e conduzindo três pessoas.

Segundo o Sargento Batista, Comandante do Destacamento de Tarrafas, os passageiros foram resgatados das águas, mas o canoeiro terminou arrastado pela força da correnteza e só localizado algum tempo depois em um matagal e já sem vida. O inverno tem sido dos mais positivos em Tarrafas e, entre o domingo e esta segunda-feira, foram registrados 170 milímetros no município na segunda precipitação do Ceará.

A última morte por afogamento na região do Cariri tinha acontecido dia 1º de março quando o corpo de Jonathas Jesus Santos, de 1 um ano e 5 meses foi retirado de uma piscina no Balneário Asa Branca no Sítio Cachoeira em Missão Velha. Ele morava na Bahia e os pais estavam de férias no Cariri na casa de familiares no Sítio Juazeirinho naquele município.




Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais