Garota é morta a tiros em Várzea Alegre após anunciar mudança de facção criminosa

Homicídio no Cariri

Lindiane foi executada a tiros em Várzea Alegre (Reprodução)

O corpo de uma jovem identificada apenas por Lindiane ou “Bruxa Alertina” foi encontrado crivado de balas de grosso calibre na cabeça por volta das 17 horas desta quarta-feira. O cadáver estava no Sítio Baixio do Exu perto da casa onde morou o ex-prefeito de Várzea Alegre Irã Costa, próximo ao perímetro urbano mais precisamente o bairro Zezinho Costa.

Dias antes ela tinha gravado e divulgado nas redes sociais um vídeo anunciando sua saída da facção criminosa GDE (Guardiões do Estado) e ingressando na facção 1533. A garota diz que vai “rasgar” a camisa da GDE e ir “pro certo, justo e correto: 1533 tudo um… passa nada”. O corpo foi recolhido pelo rabecão para ser necropsiado na Perícia Forense de Iguatu.

Foi o primeiro homicídio de fevereiro em Várzea Alegre e o terceiro do ano. Em relação às mulheres, a quinta assassinada este ano no Cariri. Sábado completou cinco ano que a última pessoa do sexo feminino tinha sido morta em Várzea Alegre. No dia 8 de fevereiro de 2015 Marcela Santos Silva, de 25 anos, que residia na Rua André Alves Costa (Bairro Zezinho Costa), foi quase degolada a golpes de facão e alvejada a tiros por três homens identificados como “Valmir”, Fransquim e “Zé de Nonato” os quais mataram ainda o seu sogro Antonio Maurício de Sousa, de 57 anos, e lesionaram o marido dela Fernando de Lima Sousa, de 24 anos, após confusão em um bar.




Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais