Menor de 14 anos detido em Juazeiro seria mais um envolvido em estupro e morte de mulher

Mais um

Um adolescente de apenas 14 anos de idade foi detido no início da noite desta quinta-feira em Juazeiro do Norte e seria o terceiro com envolvimento no estupro e morte de Sheila Cristina Lima Lins, de 34 anos. Ele é irmão de Francisco John Nogueira dos Santos, de 18 anos, que já está internado no Centro Sócio Educativo José Bezerra de Menezes.

O terceiro acusado e apontado por John, no caso Leandro Cardoso dos Santos, de 24 anos, está preso na cadeia pública. Foi Leandro quem delatou o menor e a polícia o deteve para aprofundar investigações por meio de diligências e tomadas de depoimentos. A princípio, Leandro negava envolvimento no rumoroso crime, mas já admite negando participação no estupro da vítima.

Existem informações não confirmadas pela polícia que Leandro tem problemas no órgão genital e não poderia praticar relação sexual, enquanto John confessa que o fez com camisinha. Os procedimentos já com números de processos foram protocolados na Comarca de Juazeiro e toda a investigação e futura instrução criminal vão tramitar em segredo de justiça seguindo as normas de uma resolução de outubro de 2010 do Conselho Nacional de Justiça.

Enquanto faz novas diligências, a Polícia Civil aguarda os resultados dos exames papiloscópicos e de DNA que estão sendo feitos a partir de material genético coletado na vítima e acusados. De acordo com as investigações, Leandro teria premeditado o crime e acertou os detalhes com os irmãos de 14 e 17 anos (hoje 18) – vizinhos da vítima -, sendo que o mais novo seria o responsável pelo apoio à ação.

Leandro deve ser indiciado por crimes de latrocínio, aborto provocado por terceiro, estupro e corrupção de menores, cuja soma das penas pode chegar a 59 anos de prisão. Já a Justiça estabeleceu medidas socioeducativas aos dois menores. Sheila foi estuprada e morta na frente de um filho autista de 5 anos no dia 5 de janeiro. Ela estava grávida de seis meses e sua casa foi invadida pela madrugada, enquanto o marido viajava. O cadáver foi encontrado despido apresentando perfurações e as mãos amarradas.




Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais