Comerciante foi assassinado perto do seu bar em Mauriti

Homicídio no Cariri

“Zé de Dulce” era comerciante e vigilante (Arquivo pessoal)

Quase um mês depois um novo homicídio foi registrado no município de Mauriti. Por volta das 06h30min o comerciante José Auri Generoso dos Santos, de 53 anos, que era conhecido como “Zé de Dulce”, foi executado com vários tiros. Ele residia no bairro Populares e o crime aconteceu quando chegava ao estabelecimento onde possui um barzinho e alguns videogames para alugar na Travessa Moacir Cartaxo do bairro Serrinha em Mauriti.

No período noturno, “Zé de Dulce” desenvolvia atividade como vigilante em algumas áreas da cidade. A polícia foi avisada e uma patrulha da PM de Mauriti esteve no local, mas ninguém soube dar informações quanto à autoria afirmando ter ouvido apenas estampidos de arma de fogo. Ele não tinha passagens pela polícia e, há duas semanas, foi esfaqueado pelo motorista da Prefeitura de Mauriti conhecido como “João Paulo” e escapou no hospital.

Foi o primeiro homicídio de novembro em Mauriti e o sétimo de 2019 ou 41% em relação aos 17 assassinatos registrados no ano passado no município. O último deste ano tinha acontecido no dia 24 de outubro quando Francisco Lopes dos Santos, de 29 anos, o “Iroca”, que residia no Distrito de Umburanas, foi morto a tiros dentro de casa. Os acusados fugiram num Fiat Strada branco e a vítima respondia por homicídio, lesão corporal, tráfico de drogas, furto de veículo e já tinha sido vítima de atentado à bala.




Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório
Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais