Encontrado em Potengi corpo de jovem perto de onde o seu padrasto foi morto

Duplo homicídio

Corpo de “Júnior” foi encontrado por volta das 9 horas desta segunda-feira (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Alguns metros após o local onde um homem tombou sem vida na zona rural de Potengi, outro corpo foi encontrado oito horas depois igualmente esfaqueado. Na verdade, foi um duplo homicídio à faca no início da madrugada desta segunda-feira após bebedeira numa festa que aconteceu esta noite no Bar da Dona Mimoça. Foram mortos a facadas Antonio Rogério Moura Alves, de 26, e o seu enteado Victor Daniel de Souza Laurentino, de 21 anos.

O primeiro residia na Vila Campos e o outro na Vila Marrocos ambas em Potengi, sendo que os crimes aconteceram perto do bar que funciona às margens da chamada estrada do Brejo na saída daquele município para o Distrito de Brejinho em Araripe. Segundo informações colhidas pelo Sargento Jozelito, Comandante do Destacamento Militar de Potengi, quatro pessoas se envolveram num conflito após a festa, culminando com dois mortos e os acusados estão foragidos.

Segundo levantamento feito pela polícia são Francisco Ferreira Gonçalves, o “Toca”; e Cícero Portugal dos Santos Júnior, o “Júnior”, ambos de 20 anos. Eles moram, respectivamente, no Sítio Lagoa do Saco e Sítio Sassaré. Uma pessoa apelidada por “Nanã” foi detida e apresentada ao Delegado de Polícia Civil, Diogo Galindo, na Regional de Crato. Todavia, negou envolvimento no crime e apontou o seu irmão “Toca” como um dos acusados. Disse mais ter tentado apaziguar os ânimos.

Tão logo foi lesionado com uma facada no peito esquerdo, Rogério ainda correu alguns metros e tombou sem vida. Ele respondia procedimentos por crimes de furto e tráfico de drogas, sendo recolhido pelo rabecão, a fim de ter o corpo necropsiado na Perícia Forense de Juazeiro. Logo depois, a Pefoce foi avisada em relação ao achado do cadáver de Victor quando o rabecão retornou a Potengi para apanhar o outro corpo numa pequena distância quanto ao local onde o padrasto tinha tombado morto.

Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarSaiba mais