Polícia apreende 12 armas de fogo em Juazeiro, Missão Velha, Crato, Assaré e Jardim

Armas no Cariri

Revólver abandonado por um homem em Missão Velha ao ver PMs fazendo abordagens e Francisco Laerton que tinha um revólver na sua casa no bairro Mutirão em Crato (Foto: Reprodução/ Redes sociais)

No intervalo de uma semana na região do Cariri cinco pessoas foram presas e 12 armas de fogo apreendidas, sendo dois revólveres em Juazeiro, outros dois em Missão Velha e Crato, seis espingardas em Assaré e mais uma juntamente com um revólver em Jardim. Na noite de sexta-feira militares do Policiamento Ostensivo Geral (POG) estiveram na Rua Todos os Santos (João Cabral) onde prenderam Cristionei Pereira, de 25 anos, o “Neinha” e um revólver calibre 38 com seis cartuchos intactos.

Na tarde de sábado a polícia de Missão Velha fez uma série de abordagens na zona rural do município um trabalho que vem agradando e reduzindo os índices de criminalidade. No Sítio Gameleira dos Machados uma pessoa fugiu numa motocicleta se desfazendo de um revólver calibre 32 o qual foi recolhido pelos policiais militares não conseguindo identificar e prender o dono da arma.

No começo da noite a equipe RAIO 04 esteve na Rua Antonio Carlos Jobim (Bairro Mutirão) em Crato, onde prendeu Francisco Laerton Gomes da Silva, de 57 anos, após encontrar um revólver calibre 38 com três munições picotadas. No imóvel os policiais apreenderam, também, 11 papelotes de maconha e o neto de Francisco no caso José Matheus de Alencar Maia, de 20 anos, assumiu ser o dono da droga dizendo ser usuário.

Na manhã de segunda-feira a polícia de Assaré prende o agricultor Antonio Roberto da Silva, de 66 anos, residente no Sítio Giribuer, onde apreendeu cinco espingardas artesanais. Outra arma de sua propriedade foi apreendida na casa de uma irmã no Sítio São José se constituindo uma espingarda calibre 28 a qual, supostamente, teria sido usada no assassinato de Antonio Saraiva na noite de domingo. O agricultor nega.

Já no início da tarde de terça-feira, porém no Sítio Mameluco de Cima em Jardim, militares da Polícia Ambiental prenderam o agricultor Gervásio Soares Sampaio Filho, de 58 anos. Na residência dele, os policiais encontraram um revólver calibre 38 com quatro cartuchos intactos, uma espingarda calibre 32 e onze cartuchos metálicos recarregados, além de três aves silvestres.

Na noite daquele dia equipes do RAIO estiveram na Vila Dom Bosco e, na chegada, houve correria com alguns pulando muros de quintais, ficando apenas três pessoas. Nas buscas feitas no imóvel foi encontrado um revolver calibre 38 com seis cartuchos intactos. Além disso, 651 pedras de crack, balança de precisão, nove celulares e R$ 942,00 em dinheiro. Foram presos Rafael Silva Pereira, de 21, ali residente, e Larisse Cavalcante Sousa, de 19 anos, que mora no bairro Betolandia.

Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais