Assaltante é morto a tiros em Caririaçu e outro homicídio registrado em Porteiras

Mortes no Cariri

Silvano respondia por vários crimes de assaltos no Cariri e portes de armas de fogo (Foto: Arquivo/Agência Miséria)

Dois homicídios foram registrados nesta sexta-feira na região do Cariri mais precisamente nos municípios de Porteiras e Caririaçu. No primeiro caso o agricultor Cícero Costa dos Santos, de 47 anos, morreu num dos leitos do Hospital Santo Antonio de Barbalha. No dia 9 de junho ele foi vítima de espancamento em Porteiras onde residia e a reportagem do Site Miséria não conseguiu maiores detalhes sobre o crime e nem a localidade na qual a vítima morava.

Já às 18 horas de ontem houve disparos de armas de fogo no Sito Lages na zona rural de Caririaçu quando uma patrulha da PM foi ao local de deparando com um corpo e duas pessoas próximas empunhando armas longas. Ao notarem a chegada da viatura saíram correndo e atirando nos PMs que revidaram, mas ninguém se feriu. A dupla fugiu por um matagal e não foi possível localizar nem com os reforços acionados desde Juazeiro, Aurora e Granjeiro, incluindo RAIO e Polícia Ambiental.

No local e em conversa com os moradores, os policiais não conseguiram identificar o assassino de Francisco Silvano Barbosa de Oliveira, de 39 anos, que residia no Sítio Santa Luzia em Lavras da Mangabeira. Populares disseram apenas ter ocorrido o roubo de R$ 3,6 mil junto a um comerciante e um dos acusados acabou morto a tiros. A polícia de Caririaçu recolheu a moto na qual o trio trafegava e apresentou na Delegacia de Polícia Civil de Juazeiro.

Silvano respondia por crimes de assaltos e portes de armas de fogo nos municípios de Aurora, Várzea Alegre, Caririaçu, Lavras da Mangabeira e Missão Velha. No dia 14 de maio de 2011 foi preso com mais dois comparsas, residentes em Aurora, sob acusação da formação de quadrilha. Na época, segundo a polícia, planejavam assalto nos Correios de Aurora e já eram monitorados desde o roubo de um Fiat Uno de cor prata em Barro. O trio é estava com quatro espingardas e mais um simulacro.

Já no dia 15 de abril de 2013 a polícia de Lavras da Mangabeira foi até o Sítio Enganchado, onde estavam Silvano e Cícero Gonçalves da Silva, de 33 anos, acusados de assaltos naquele município e Aurora. Todavia, apreendeu apenas armas e munições, pois Silvano não estava em casa e Cícero até que foi preso, mas, no caminho para a Delegacia de Lavras da Mangabeira, fugiu da carroceria da viatura mesmo estando algemado e escapou por dentro do mato levando o par de algemas.

Enquanto isso, no dia 12 de janeiro de 2015, Silvano voltou a ser preso com uma pistola calibre 45 tendo dois carregadores e 12 cartuchos intactos no Sitio Malhada Funda de Aurora em cujo município já tinha sido preso por roubo de veiculo. Os dois eram suspeitos de assaltos dias antes no Sítio Taveira e contra uma farmácia em Lavras da Mangabeira. Na casa de Silvano, os PMs encontraram um bala clava, um par de luvas pretas, e um carregador de pistola calibre 380 com 11 cápsulas. A pistola foi encontrada no quintal com um carregador e mais 11 munições.

Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarSaiba mais

X