Irmão tenta matar outro com foiçada na cabeça em Barro e termina preso

Atentados no Cariri

Antonio tentou matar o seu irmão Otacílio com uma foice (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Mais dois casos de desavenças familiares foram registrados nesta quinta-feira na região do Cariri, sendo o primeiro envolvendo irmãos na zona rural de Barro e o outro entre marido e mulher em Várzea Alegre. Logo cedo deu entrada no Hospital Santo Antônio de Barro o agricultor Otacílio Monteiro Ângelo, de 39 anos, residente no Sítio Xique Xique na zona rural daquele município.

Ele apresentava uma perfuração na cabeça e disse aos PMs que o autor do golpe de foicei o seu próprio irmão Antonio Monteiro Ângelo, de 42 anos. Uma patrulha com os Sargentos Ferreira e Nilson, o Cabo Luiz e os Soldados Clistenis, Cabral e Deyson foi ao Sítio Xique Xique e prendeu o acusado, além da foice usada no crime que foi entregue aos policiais pela mãe do mesmo Maria Monteiro Ângelo, de 79 anos.

Já às 19 horas, em Várzea Alegre, a jovem Amanda Freire da Silva, de 30 anos, contou à polícia que o seu marido e ex-presidiário conhecido por “Peta” chegou em casa com uma espingarda calibre 12 artesanal e ameaçou a mesma. Além disso, quebrou alguns objetos no imóvel e terminou preso por policiais militares. Raimundo Pereira da Silva tem 29 anos e já responde procedimentos por crimes de trânsito, tráfico de drogas, ameaça e outros.

Contra ele os PMs descobriram um Mandado de Prisão em aberto expedido em outubro do ano passado pela Comarca de Várzea Alegre para responder por tráfico de drogas. Quando os PMs chegaram no imóvel, “Peta” estava deitado numa rede, fingia dormir e já tinha escondido a arma de fogo no telhado da residência. Os policiais fizeram buscas e a encontraram levando, também, para delegacia quando este causou danos na viatura.

Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarSaiba mais