Estudante voltava de festa em Crato quando foi morto a tiros nesta madrugada

Homicídio em Crato

Crime aconteceu na Avenida Duque de Caxias no bairro Pinto Madeira em Crato (Foto: Reprodução/ Google Maps)

Exatamente 15 dias depois um novo homicídio foi registrado em Crato o qual se encontra envolto em mistério. Por volta das 4 horas da madrugada desta sexta-feira o estudante José Ivan Cardoso Junior, de 26 anos, que residia na Rua Coronel Ludugero (Bairro Pinto Madeira), foi morto com dois tiros no pescoço. Ele tinha acabado de sair de uma festa no Lobos Bar e seguia para sua casa num mototaxi quando a corrente do veículo quebrou e o mesmo decidiu completar o trajeto à pé.

Quando passava na Avenida Duque de Caxias, naquele bairro, foi atocaiado por dois homens numa moto Honda Bros de cor preta os quais já se aproximaram atirando causando a morte de José Ivan no local conforme a constatação de profissionais de saúde do SAMU que ali estiveram. O corpo da vítima foi recolhido pelo rabecão a fim de ser necropsiado na Perícia Forense de Juazeiro. Segundo a polícia, José Ivan não respondia procedimentos perante a justiça ou passagens policiais.

Este foi o primeiro homicídio do mês de maio em toda a região do Cariri e o oitavo do ano em Crato. O último tinha acontecido no dia 24 de abril, na Rua Granjeiro (Bairro Vila Alta), onde Antonio José de Moura da Silva, de 28 anos, foi morto com uma facada no peito desfechada pelo próprio pai o aposentado Antonio Pereira da Silva, de 66 anos, que foi preso. O relacionamento entre os dois era conflituoso e marcado por ameaças e agressões do jovem que seria usuário de drogas.

Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarSaiba mais

X