Acusado de matar uma mulher para roubar em Campos Sales foi morto a tiros

Homicídio no Cariri

“Nem” foi morto ao lado do estádio Moraisão em Campos Sales (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Um homicídio foi registrado por volta das 15h30min deste domingo na calçada do Brejas Bar ao lado do estádio Moraisão no bairro Alto Alegre em Campos Sales. Francisco Jucie dos Santos, de 42 anos, o “Nem de Loló” que residia na Rua Alexandre Torres naquele bairro, foi executado a tiros na cabeça por dois homens encapuzados que chegaram numa moto mandando seus três colegas de farra correrem. Mesmo assim, o eletricista Francilanio Alves Bezerra, de 39, foi atingido com um tiro na perna esquerda.

Os outros dois eram o vigilante do aeroporto “Cicinho” e o servente de pedreiro Francisco Petrônio de Sousa Pinto, de 40 anos. A polícia foi acionada e patrulhas com o Subtenente Filgueiras, os Sargentos Gomes, Luiz e Viana, os Cabos Herbet e Israel e os Soldados Horlandio, Rocha, Rodrigues, Pinheiro e Alencar diligenciaram sem o êxito de prender os acusados. “Nem” respondia procedimentos por crimes de tráfico de drogas, homicídio e latrocínio.

No dia 30 de setembro de 2010 ele matou Maria Gertrudes da Silva Oliveira, de 63 anos, com um tiro durante assalto na casa dela no Sítio Inharé quando ele e mais dois comparsas roubaram R$ 110,00 enquanto o esposo da vítima, Francisco Raimundo Oliveira, de 66 anos, fugiu. Além de “Nem”, mais quatro foram indiciados no inquérito no caso Daniel Guilherme de Souza Sales, o “Daniel de Lolô”, Hiagno Roberto Arrais de Sousa, o “Galego”, Ivanildo dos Santos e Francisco Jairo Moreira de Oliveira.

Este foi o primeiro homicídio de 2019 em Campos Sales e o 25º do ano no Cariri. O último naquele município tinha sido no dia 5 de dezembro com a morte no HRC em Juazeiro de Antonio Evaldo Costa Souza, de 35 anos, o “Antonio de Zé Bebim”, baleado com cinco tiros no dia 26 de novembro na feira livre da Praça Vila Mariana (Bairro Guarani) por dois homens num veículo Gol de cor prata. A vítima respondia procedimentos por formação de quadrilha e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

AVISO: Você está sem internet! Algumas coisas do MV MAIS funciona sem internet. 😉