Mãe se desespera ao encontrar o filho morto no IML de Juazeiro

O desespero da mãe

Corpo de Robson foi identificado por sua mãe no IML de Juazeiro (Foto: Arquivo/Agência Miséria)

O corpo do jovem assassinado a tiros por volta das 22h30min desta terça-feira no bairro Brejo Seco em Juazeiro do Norte foi identificado na manhã de hoje na Perícia Forense (antigo IML – Instituto Médico Legal). Por volta das 11 horas ali chegou Luciana Correia dos Santos Melo reclamando o fato do filho não ter chegado em casa e ter tomado conhecimento pela Imprensa de uma pessoa morta e que estava sem identificação.

Quando a geladeira foi aberta e a mesma se deparou com o filho morto na gaveta o desespero da jovem mãe foi grande causando emoção aos que ali se encontravam. Era de fato o seu filho Robson Willian Correia dos Santos, de apenas 17 anos de idade, que residia no bairro Brejo Seco. O rapaz trabalhava como ourives e não tinha passagens pela polícia. Dona Luciana foi orientada a pegar uma guia de exame cadavérico junto ao Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa de Juazeiro para o recolhimento do corpo.

Segundo a polícia, na noite de ontem foram repassadas informações para a CIOPS dando conta de estampidos de arma de fogo em um matagal próximo ao Conjunto São Sebastião 2 do Minha Casa Minha Vida. Quando os PMs chegaram ao local souberam que três jovens tinham adentrado o terreno baldio e dois deles saíram correndo após os disparos de arma de fogo. Os policiais foram averiguara e já se depararam o corpo do adolescente crivado de balas.

Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.