Agricultor é atocaiado e morto a tiros após participar de evento político em Milagres

Mistério no Cariri

(Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Quase 50 dias após um novo homicídio foi registrado em Milagres com a morte do agricultor Francisco Tavares de Oliveira, de 52 anos, o “Eliézio”, por volta das três horas da madrugada desta quarta-feira em um dos leitos do Hospital Geral de Brejo Santo para onde foi socorrido. Às 20h30min de ontem ele retornava em uma moto da Vila Sol Nascente para sua residência após participar de evento da presente campanha política.

O mesmo morava no Sítio Genipapeiro na zona rural de Milagres e foi atocaiado e lesionado a tiros na estrada por dois homens que fugiram numa motocicleta. O agricultor terminou socorrido às pressas, mas faleceu pouco mais de seis horas após no hospital. Eliézio não tinha passagens pela polícia e o crime segue envolto em mistério já que se tratava de uma pessoa bem relacionada na sua comunidade.

Este foi o primeiro homicídio do mês de setembro em Milagres e o oitavo de 2018 no município ou a mesma quantidade em relação ao ano passado. O último assassinato deste ano em Milagres tinha acontecido no dia 31 de julho quando o também agricultor José Ponciano de Sousa, de 64 anos, foi morto a facadas dentro de sua casa, no Sítio Taboquinha, pelo próprio filho Cícero Alves Oliveira Sousa, de 32 anos, que terminou preso e está na cadeia pública daquela cidade.

Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.