Menor é morto a tiros em Crato e seu colega saiu baleado na escadaria da Prefeitura

Homicídio em Crato

Diogo morreu a caminho do Hospital São Camilo em Crato (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Quatro dias após e um novo homicídio foi registrado em Crato. Por volta das 17 horas deste domingo o adolescente Diogo Ferreira Araújo, de 17 anos, estava fazendo fotos na escadaria da Prefeitura de Crato juntamente com um colega quando foram baleados por dois homens numa moto. Mesmo alvejado com um tiro no peito, Diogo saiu correndo e tombou na chamada Ladeira do Bar de Maradona quando foi recolhido por uma ambulância do SAMU, mas morreu a caminho do hospital.

Ele morava na Rua Getúlio Vargas (Bairro Vila Alta) em Crato e uma patrulha da Polícia Militar esteve no Hospital São Camilo, onde localizou a outra vítima. O menor de iniciais C. F. O. J., residente na Rua Rocildo Alves no Parque Recreio, saiu baleado na coxa e disse aos PMs que não conhecia os autores dos disparos. Falou apenas que estavam fazendo fotos entre a Praça Dona Ceicinha e a escadaria da Prefeitura de Crato quando foram baleados.

Este foi o primeiro homicídio de agosto em Crato, o segundo do mês no Cariri e o 31º do ano naquele município. O último deste ano tinha ocorrido na noite de quarta-feira (29) tendo como vítima o jovem Paulo Victor Souza Araújo, de 29 anos, que seguia para sua residência na Rua Esmeraldo de Melo ((Bairro Muriti) em Crato, quando foi atocaiado por dois homens numa moto e morto a tiros na cabeça ao passar na Rua Luiz Gonzaga daquele bairro. Ele era usuário de drogas e respondia por homicídio.

Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.