Polícia prende sete pessoas e apreende cinco armas de fogo em Juazeiro, Barbalha e Crato

Armas no Cariri

Três revólveres apreendidos com dupla em Juazeiro e uma pistola que estava em poder de um trio em Barbalha (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Segundo o plantão policial das últimas horas no Triângulo Crajubar, sete pessoas foram presas e cínico armas de fogo apreendidas, sendo três revólveres em Juazeiro do Norte, uma pistola em Barbalha e mais uma espingarda em Crato. Por volta das 20h30min desta quarta-feira, no bairro Salesianos em Juazeiro, a Equipe RAIO 06 interceptou uma moto Honda POP de placa POD-5817 na qual estavam o jovem Francisco Aurélio Ferreira da Silva, de 23, e o menor de iniciais W. A. B., de 16 anos.

Com um deles, os PMs encontraram certa quantidade de maconha e já existiam suspeitas que o menor respondia pela venda de drogas na área. Já com a participação de outras equipes do RAIO, os policiais foram até a casa do mesmo na Rua Professora Maria Pedrina (Salesianos), onde apreenderam um revólver calibre 38 e outros dois calibres 32 e um total de quinze munições. Além disso, mais seis trouxinhas de maconha, um celular e R$ 88,00 em dinheiro.

Antes, no Sítio Luanda (Distrito de Arajara) na zona rural de Barbalha, a polícia foi avisada sobre disparos de arma de fogo e equipes do RAIO 06 e 09 foram lá. Chegando ao imóvel apontado, os policiais foram recebidos por José Pereira dos Santos e notaram que outro, identificado depois como Alan de Albuquerque Ferreira, tentou pular o muro. Já Marconi Pereira de Lima arremessou por cima do muro um celular e uma pistola calibre 380 municiada. Os acusados e a arma foram levados à Delegacia.

Enquanto isso, na tarde de segunda-feira na Avenida Francisco Alencar Araripe (Seminário) em Crato, a equipe RAIO 01 abordou dois jovens na calçada de uma casa. Com um deles, os “raianos” encontraram pequena quantidade de maconha e, devidamente autorizados, adentraram a residência. No imóvel, os policiais apreenderam uma espingarda calibre 12 e quatro munições quando levaram para a Delegacia Charles Alves da Silva, de 22, e Willian Ferreira de Carvalho, de 20 anos.

Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.