Professora morre em Barbalha ao ser atropelada por carro após cair de sua moto

Morte no Cariri

Cláudia caiu da moto pilotada pelo marido e morreu ao ser atropelada por um Fiat (Foto: Reprodução/Redes sociais)

A professora Claudia dos Santos, de 36 anos, que residia na Rua da Ajuda, 546 (Bairro Alto da Alegria) em Barbalha, morreu em consequência de grave acidente de trânsito por volta das 23 horas desta sexta-feira. O marido dela, José Eliranio de Oliveira, de 40 anos, pilotava uma moto Honda Bros de cor escura pela Avenida Leão Sampaio quando bateu num cão.

O mesmo perdeu o equilíbrio e o casal caiu na rodovia estadual que liga os municípios de Juazeiro e Barbalha. Imediatamente, outro motoqueiro, que passava na hora, arrastou galhos de árvores para sinalizar o local do acidente que já reunia muitos curiosos acionando o SAMU. De repente, o motorista de um Fiat Uno Economy de cor branca atropelou a professora.

No momento em que o socorro chegou, os profissionais de saúde do SAMU apenas constataram o óbito de Cláudia. O cão da raça poodle também morreu com a batida da moto. Uma patrulha da PM de Barbalha esteve no local e prendeu o motorista atropelador no caso Hercley Nascimento de Oliveira, residente no bairro Cirolandia em Barbalha.

Ele apresentava fortes sinais de ter ingerido bebidas alcoólicas o que terminou confirmado no exame feito na Perícia Forense de Juazeiro para onde o corpo da professora Cláudia dos Santos foi trazido, a fim de ser necropsiado. O marido delas sofreu apenas ferimentos leves e Hercley foi autuado em flagrante para responder por homicídio e será recambiado à cadeia pública de Barbalha.

Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.