Mulher é arrastada pelo braço por trem do metrô no Recife; veja vídeo

Pernambuco

Mulher arrastada pelo metrô no Recife foi socorrida por funcionários da CBTU (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Uma mulher foi arrastada pelo braço por um trem do metrô, na Estação Largo da Paz, no bairro de Afogados, na Zona Oeste do Recife. Imagens de câmeras de segurança da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), divulgadas nesta quinta-feira (4), flagraram o momento do acidente. A mulher sofreu escoriações no braço, mas passa bem, segundo a empresa. (Veja vídeo abaixo)

A estação faz parte da Linha Sul do sistema metroviário do Recife. No vídeo, é possível ver o momento em que a mulher, junto com uma idosa, tenta embarcar no vagão no momento em que a porta fechava.

O trem dá partida na estação, enquanto a vítima segue com parte do braço dentro do metrô. Quando o vagão atinge o fim da plataforma, a mulher cai às margens do trilho. O caso, segundo a CBTU, ocorreu às 9h25 do sábado (29).

O vídeo também mostra o momento em que funcionários da companhia prestam socorro à vítima, colocando-a em uma maca. De acordo com o gerente operacional da CBTU Recife, Murilo Esteves, a mulher foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada a uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA).

“Ela, segurando na mão de uma senhora, acelerou o passo e colocou a mão para tentar parar o fechamento da porta. Como a mão é fina, o maquinista do trem não recebeu nenhum aviso de que a porta não estava fechada”, afirmou Murilo.

Por meio de nota, a CBTU informou que “há regras de segurança para utilização do sistema e é importante que sejam seguidas para que se evitem acidentes”. O órgão também explicou que “em cada porta de cada vagão, há uma sinalização visual para que não se coloque a mão na porta do trem enquanto as portas estiverem fechando”.

Ainda no texto, a CBTU disse que “há um aviso sonoro durante a abertura e fechamento das portas, após o qual os passageiros não devem tentar entrar ou sair do trem. Também há mensagens sonoras dentro dos trens e estações alertando sobre o mesmo”.

Segundo Murilo Esteves, o tempo máximo de espera entre um trem e outro é de dez minutos e, por isso, os passageiros não devem desrespeitar as regras de segurança para tentar embarcar no metrô.

“Houve imprudência. A partir do aviso sonoro, há, em média, seis segundos até o fechamento da porta. Ainda assim, há duas paradas no fechamento para assegurar que nada esteja no meio das portas. Ela pôs a mão quando houve a segunda parada”, contou.

Fonte G1 PE Site Miséria

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.