Bebê nasce com anticorpos para a Covid-19 depois de mãe ser vacinada durante a gravidez

Primeiro caso registrado no mundo

O caso é o primeiro registrado no mundo e foi relatado em um estudo publicado neste mês na medRvix (Agência Brasil)

Pesquisadores da Universidade Atlântica da Flórida, nos Estados Unidos, encontraram anticorpos contra a Covid-19 em um bebê recém-nascido de uma mãe, profissional de saúde da linda de frente, que recebeu uma dose da vacina Moderna três semanas antes do parto. O caso é o primeiro registrado no mundo e foi relatado em um estudo publicado neste mês na medRvix.

Embora a notícia seja animadora, pesquisadores alertam que o estudo é preliminar e ainda não foi revisado por outros cientistas. Para chegar à constatação, eles analisaram o sangue do cordão umbilical.

“Demonstramos que os anticorpos IgG contra SARS-CoV-2 são detectáveis em uma amostra de sangue do cordão umbilical de recém-nascidos após uma única dose da vacina. Portanto, existe potencial para proteção e redução do risco de infecção de SARS-CoV-2 com a vacinação materna”, informam os cientistas.

Mais estudos

Os pesquisadores alertam que mais estudos serão necessários para saber a quantidade de anticorpos neutralizantes virais presentes nos recém-nascidos de mães que são vacinadas antes do parto. Eles também explicam que a duração da proteção do anticorpo ainda é desconhecida.

“Além disso, pedimos para outros pesquisadores criarem registros de gravidez e amamentação, bem como conduzir estudos de eficácia e segurança das vacinas contra a Covid-19 em mulheres grávidas e lactantes e seus filhos”, explicam.




Fonte Diário do Nordeste Site Miséria

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais