Proprietário da oficina da moto peças pinheiro esclarece matéria sobre desmanche em jamacaru

esclarecimento

Oficina de Ermerson funciona no Distrito de Jamacaru em Missão Velha (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Em meio a matéria publicada no Último dia 30 de janeiro veiculada no site MV MAIS, o proprietário da moto peças e oficina pinheiro, José Francisco da Cruz Júnior nos enviou uma nota de esclarecimento:

“venho a todos informar que diante das acusações levantadas nos últimos dias, gostaria de publicar algumas informações esclarecedoras, bem, o que posso afirmar é que o imóvel onde se encontra a (moto peças e oficina pinheiro) é dividido em dois (2) blocos, onde bloco um (1) se encontra a parte da oficina onde era feita a manutenção das motocicletas que era tida por responsabilidade do Ermessom de Carvalho Silva conhecido como (MESINHO) que trabalhava como mecânico, acusado de realizar os crimes informados pela polícia atuante, o mesmo trabalhava por conta própria como mecânico e era inteiramente responsável pelos trabalhos mecânicos realizados e motocicletas que entravam no espaço da oficina, já no bloco dois (2) onde se encontra a loja de peças e acessórios que é tido por responsável a pessoa de nome Manoel Ribeiro Neto conhecido como (SINHOR) onde o mesmo era responsável apenas por gerenciamento de compra e vendas de peças e acessórios da loja onde a mesma contém todas as devidas documentação de funcionamento tais como CNPJ, ALVARA?, notas fiscais de compra de todas e quaisquer peças ou acessórios que se encontre dentro da mesma, uma vez que não é de rotina fazer a fiscalização das motocicletas que entravam e saiam da oficina, a parte da loja ficou impossibilitada de ter o conhecimento de qualquer ato que estava ocorrendo fora da lei por parte da pessoa responsável pela oficina, vale salientar também que na hora da abordagem ao suspeito (MESSINHO), a parte da loja estava em funcionamento, onde foi totalmente averiguada pelos policias presentes no momento, onde não foi encontrado nenhum tipo de irregularidade onde a mesma permaneceu em funcionamento normal no mesmo dia, onde ainda está e continuará a prestar os serviços legais de vendas de peças e acessórios para motocicletas.”

Fonte Site MV MAIS

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.