Associação Comunitária Ana Roberto realiza II Festival Junino de Jamacaru

Fotos

Foto: Ruan Franklin

O Distrito de Jamacaru em Missão Velha recebeu nos dias 29 e 30 de junho o II Festival Junino de Jamacaru, evento que integrou o XXI edital do Programa Ceará Junino da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará (Secult). O evento foi realizado pela Associação Comunitária Ana Roberto (ACAR), sendo a etapa regional dos Festivais de Quadrilha Juninas.

Nas duas noites de apresentações, 8 quadrilhas juninas da Região do Cariri se apresentaram na quadra Juarez Liberato, levando para os jurados e para a população local um verdadeiro espetáculo artístico com belíssimas coreografias, lindos vestuários e uma mega produção.

A população que compareceu em bom número, se empolgou com as apresentações e cantou os grandes clássicos nordestinos apresentado nos repertórios das quadrilhas.

Ruan Franklin

Ao final a grande ganhadora do II Festival Junino de Jamacaru foi a quadrilha Nação Nordestina de Juazeiro do Norte que somou 209,5 pontos, faturando a premiação de R$ 4.000,00 e garantindo também, o direito de representar a região caririense no XVI Campeonato Estadual Festejo Ceará Junino realizado agora no mês de julho na cidade de Fortaleza.

Somada ao título de grande campeã do festival, a quadrilha juazeirense ganhou também todas as premiações individuais tendo o seu marcador, a sua rainha, a sua noiva, o seu noivo e o repertório, escolhidos pelos jurados como os melhores entre as quadrilhas que se apresentaram.

A quadrilha Agremiação Junina Cariri do município de Juazeiro do Norte terminou o festival na segunda colocação levando uma premiação de R$ 2.500, e a quadrilha Arraiá Raízes do Sertão do município do Crato foi a terceira colocada, recebendo uma premiação de R$1.500,00.

Em conversa com o repórter Jotta Macedo da Rádio Jamacaru FM, o marcador da quadrilha Nação Nordestina, falou sobre a importância de participar do Festival Regional de Quadrilhas e citou também as adversidades enfrentadas por eles, inclusive sobre um recente assalto que aconteceu na sede do grupo em Juazeiro do Norte.

O mesmo também revelou que concluída a participação nos festivais, a quadrilha Nação Nordestina já começa o seu planejamento para o próximo ano. Os ensaios da quadrilha duram 7 meses (entre novembro e maio), sendo estes realizados de segunda à segunda.


Colaboração de Jota Macedo

Texto Ruan Franklin

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais