Ex-presidiário acusado de homicídio foi morto a tiros esta noite em Missão Velha

Homicídio no Cariri

“Keu” foi morto quando seguia para sua casa (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Cerca de 40 dias depois um novo homicídio foi registrado em Missão Velha se constituindo no primeiro do mês de setembro e o 12º do ano no município ou 92,3% em relação aos treze assassinatos registrados no decorrer do ano passado. Por volta das 21h30min deste domingo o ex-presidiário Kelsangeles Agostinho das Neves, de 26 anos, o “Keu”, chegava em sua casa na Rua Valmir Esmeraldo Alves no centro da cidade, quando foi assassinado a tiros por dois homens que fugiram numa moto.

Ele foi preso pela primeira vez no dia 4 de novembro de 2012 após ameaçar de morte e agredir a socos sua própria companheira a adolescente de iniciais V. G. M., de 16 anos. Keu é acusado ainda de homicídio qualificado que teve como vítima José Francisco Vieira, cujo Inquérito Policial foi protocolado no dia 27 de novembro de 2017 na Comarca de Missão Velha indiciando ainda Jhone Lima André e Joias Natanael Lima André.

O último homicídio em Missão Velha tinha acontecido no dia 30 de julho com o achado do corpo do jovem Artur da Silva, de 22 anos, que residia no Sítio Gameleira de São Sebastião. O cadáver crivado de balas estava encapuzado num matagal perto da estrada de acesso ao Sítio Serra do Mato no Distrito de Jamacaru. Ele tinha acabado de sair de casa e, ao lado do corpo, estava um aparelho celular que havia roubado.

Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.