Vacina contra Covid-19 é negada a profissionais de saúde do Hospital Geral de Aurora

Funcionários repudiam ação

Hospital Geral de Aurora Ignêz Andreazza (Agência Miséria)

Funcionários de Hospital Geral de Aurora Ignêz Andreazza emitem nota de repúdio contra gestão municipal do prefeito Marcone Tavares (PSD). De acordo com os profissionais de saúde do hospital, eles não estão na lista dos que tomarão a vacina contra Covid-19. Somente os profissionais do SAMU, Unidade Sentinela, e PSF.

A reportagem do site entrou em contato com o secretário da Saúde de Aurora, mas as ligações não foram atendidas e nem as mensagens respondidas.

Segue abaixo a nota de repúdio na íntegra

Secretária Municipal de Saúde de Aurora informa que os profissionais do Hospital Ignêz Andreazza não serão vacinados nessa primeira etapa de vacinação dos profissionais de saúde, por supostamente não estarmos na linha de frente, sendo elegíveis para vacinação agora somente SAMU, Unidade Sentinela, e PSF.

Agora eu vos pergunto, essa exclusão dos profissionais do HGIA seria por falta de conhecimento dos Gestores sobre o fluxo de atendimento em saúde no município ou perseguição política? Agora eu vos afirmo, caros gestos NÓS (equipe HGIA) somos e sempre fomos parte da linha de frente de atendimento ao COVID-19 no município.

Somos a única porta de entrada para todas as urgências e emergências clínicas e traumatológicas no município, incluindo a obstetrícia. SOMOS o suporte e a continuidade da Unidade Sentinela, visto que a mesma é um setor do HGIA.

Exames, laboratoriais e de imagem realizados aos pacientes de COVID na unidade sentinela são desempenhados pelos profissionais do hospital. Nós atendemos diariamente pacientes suspeitos e positivos para Covid, sejam em situações de Urgência e Emergência onde o paciente mesmo sintomático procura a emergência do Hospital ao invés da Unidade sentinela e enquanto equipe de saúde temos o dever de estabilizar o paciente até que o mesmo esteja apto a ir para o setor de isolamento (Unidade Sentinela).

Nós (HGIA) atendemos na clínica e emergência casos com o quadro clínico atípico até que esse seja diagnosticado. Nós fazemos a continuidade do pré-natal e o parto das gestantes com COVID. Nós atendemos outras emergências clínicas e traumatológicas dos pacientes positivados para COVID.

Nós fazemos transferências diariamente de pacientes em diversas situações e diagnósticos entre elas COVID.

Para esclarecimento, realmente não somos um Hospital Municipal, somos uma Intuição Filantrópica, independente da gestão atual ou retrógrada estamos aqui para atender a população Aurorense, então caros Gestores e Secretariados melhorem e nos respeitem. Saiam dos seus gabinetes e entendam o fluxo de saúde no nosso município.




Fonte Site Miséria
Texto João Boaventura Neto

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais