Travessia constante de animais leva perigo à nova estrada entre Juazeiro do Norte e Missão Velha

Atenção redobrada

Motorista afirma que o perigo é constante, principalmente durante a noite (Foto: Agência Miséria)

Mais um flagrante de perigo nas estradas do Cariri foi feito no último fim de semana, dessa vez na CE que liga Juazeiro do Norte ao município de Missão Velha, uma estrada nova que ainda não dispõe de sinalização.

Na tarde do último domingo (1), o fotógrafo Normando Sóracles registrou pelo menos seis vacas cruzando a pista. O trecho é de linha contínua e a travessia dos animais ocorreu em uma curva. José Aldo, 53 anos, trafega diariamente transportando alunos de Missão Velha para Juazeiro do Norte. Ele diz que a cena é comum e que a atenção tem de ser redobrada.

O perigo, de acordo com o motorista, se intensifica durante a noite. Por ter muitas curvas, a estrada “esconde surpresas”, ele conta, o que torna ainda mais propício às colisões com animais.

Mais
Em 19 de junho, o Miséria trouxe outro flagrante do mesmo tipo. Três vacas cruzavam, durante a noite, a estrada que liga o município de Barbalha ao Caldas, no Cariri. Próximo a uma curva na descida da serra, animais parados na pista interditavam parcialmente a passagem dos motoristas.

Flagrante foi feito na noite de segunda, 18 de junho, em Barbalha (Foto: Agência Miséria)

O flagrante foi feito no Sítio Riacho do Meio, próximo à Fábrica de Cimento, em Barbalha. A falta de iluminação no trecho torna ainda mais perigosa a passagem por motoristas. De acordo com José Aparecido, morador do local, é comum que os bois façam a travessia neste ponto da pista durante todo o dia.

No Cariri é comum acidentes deste tipo. Na madrugada do dia 28 de janeiro deste ano, o agricultor Antônio Firmino dos Santos, de 27 anos, morreu ao colidir de moto numa vaca em Porteiras. Este foi o último acidente envolvendo colisão com animais de grande porte na região.

Fonte Felipe Azevedo/ Agência Miséria

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.