Mulher baleada cinco vezes beija atirador na boca durante julgamento

Rio Grande do Sul

Vítima teve autorização para abraçar e beijar o réu (Foto: Alvaro Pegoraro)

Micheli Schlosser, 25 anos, vítima de uma tentativa de feminicídio praticada em agosto de 2019, pediu autorização ao juiz durante a sessão de julgamento que ocorreu nesta terça-feira (28/01), em Venâncio Aires(RS), e abraçou e beijou o réu, Lisandro Rafael Posselt, de 28 anos. As informações são do Jornal Folha do Mate, que acompanhou a sessão.

O réu, que era namorado de Micheli na época do crime e atualmente cumpre prisão na Penitenciária Estadual de Venâncio Aires, é apontado com o autor dos cinco tiros contra ela.

Ao plenário, composto por cinco homens e duas mulheres, Micheli disse que tudo aconteceu porque ela provocou o namorado. “Ele nunca tinha me agredido, sempre foi muito bom para mim e já pagou pelo erro dele”, mencionou.

O réu pediu uma nova chance aos jurados e referiu que não quer voltar para a cadeia’. Sua defesa citou que a vítima é a mais interessada no julgamento e ela já perdoou o réu.

Denunciado por tentativa de feminicídio, Lisandro Rafael Posselt, 28 anos, foi condenado a 7 anos em regime semiaberto. São cinco anos pela tentativa de feminicídio e mais dois pelo porte ilegal de arma.

O homem recebeu o direito de apelar em liberdade, desta forma, não retorna à Penitenciária Estadual de Venâncio Aires (Peva) onde estava recolhido desde agosto do ano passado.




Fonte 180 graus Site Miséria

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais