Com atuação desastrosa, Vasco é goleado pelo Grêmio e Ricardo Sá Pinto segue pressionado no cargo

Vasco sofreu duas goleadas seguidas para Ceará e Grêmio (Raul Pereira / Fotoarena / Agência Lancepress!) Foto: Lance!

Gigante da Colina é goleado pela segunda rodada seguida no Brasileirão, três dias após ser eliminado da Copa Sul-Americana em pleno estádio de São Januário, pelo Defensa y justicia

Na última semana, o Vasco colecionou vexames e a derrota pesada por 4 a 0 para o Grêmio foi mais uma para entristecer a torcida. O Gigante da Colina foi goleado pela segunda rodada seguida no Brasileirão, três dias após ser eliminado da Copa Sul-Americana em pleno estádio de São Januário, pelo Defensa y justicia, da Argentina.

Com isso, a atual situação do técnico Sá Pinto segue complicada, já que a equipe caiu novamente de rendimento e o português tem um aproveitamento inferior aos seus antecessores Abel Braga e Ramon Menezes. Desde que chegou, ele conquistou apenas duas vitórias em doze jogos e não se vê qualquer evolução no time, principalmente no setor ofensivo.

No início, quando ele apostou no esquema com três zagueiros, até conseguiu dar um pouco mais de solidez defensiva em jogos contra Caracas, Palmeiras e São Paulo. Porém, o Cruz-Maltino tomou 9 gols nas últimas três partidas, sem qualquer poder de reação nas duas goleadas sofridas no Brasileirão (4 a 1 para o Ceará e 4 a 0 diante do Grêmio).

Um time sem reação e totalmente dominado pelo adversário

Ao falar do jogo, o que se viu foi um Vasco totalmente dominado pelo adversário, sem força para reagir ou levar perigo ao gol do Grêmio. As poucas chances vieram de maneira esporádicas, em alguma bola longa, com chutes de Léo Matos e Martín Benítez. A equipe mostrou novamente uma incapacidade de produção ofensiva e praticamente não assustou à meta gremista de maneira concreta.

Desde o primeiro minuto, o Tricolor teve mais volume de jogo e intensidade, não dando chance à equipe carioca. Pepê foi muito perigoso e teve bastante liberdade para criar pelos lados. Aos 24, o árbitro Raphael Claus (SP) anulou de maneira correta um gol dos gaúchos já que a bola bateu no braço de Victor Ferraz. Sendo assim, o Grêmio só conseguiu abrir o placar aos 41, com um velho conhecido da torcida vascaína: Diego Souza.

Após cruzamento, na medida, de Matheus Henrique, Diego Souza se antecipou, subiu com Léo Matos e Neto Borges, e cabeceou firme para abrir o placar. A partir disso, na etapa final, os gaúchos tiveram ainda mais tranquilidade para ampliar e construir a goleada. Com um time muito espaçado, sobretudo entre os volantes Léo Gil e Marcos Júnior, o Vasco sucumbiu ao adversário, que ampliou novamente com Diego Souza, de cabeça, e o chileno Pinares, com um chute da entrada da área.

No segundo tempo, a equipe carioca não conseguiu criar absolutamente nada e apenas assistiu ao Tricolor tocar a bola e esperar o tempo passar para sair com os três pontos. No fim, o Grêmio ainda teve tempo de colocar duas bolas na trave e sacramentar a goleada com Lucas Silva, após sofrer pênalti de Miranda.

A semana começa quente em São Januário. Uma panela de pressão dentro e fora das quatro linhas. Resta saber qual será a medida da atual diretoria diante dos últimos resultados. Sá Pinto terá uma semana livre para trabalhar a equipe, que joga o clássico contra o Fluminense, no domingo. Ele destacou esse aspecto na coletiva de imprensa e disse que terá tempo para recuperar seus atletas.




Fonte Terra

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais