Fortaleza arranca empate com o Cruzeiro no Mineirão com gol de Wellington Paulista

Série A

O Fortaleza resistiu à pressão e trouxe um ponto para casa (Foto: Reprodução/ Diário do Nordeste)

O Fortaleza foi valente no Mineirão e arrancou um empate com o Cruzeiro em 1 a 1 neste sábado (26). A Raposa pressionou muito e abriu o placar com Orejuela, mas Wellington Paulista, no fim do 2º tempo, deixou tudo igual e chegou ao 11º gol na Série A do Brasileiro, se sagrando o 3º maior artilheiro da competição.

Com o resultado na 28ª rodada, o Leão fica em 14º na tabela, com 32 pontos. A equipe volta a campo na quarta-feira (30), contra o Avaí. O duelo ocorre na Ressacada, às 19h30.

Já o Cruzeiro permanece na zona de rebaixamento, em 17º, com 29 pontos. A Raposa enfrenta o Botafogo, no Engenhão, na quinta (31), às 21h30.

Primeiro tempo

O Fortaleza tentou adiantar as linhas de marcação e surpreender o Cruzeiro no 1º tempo. No 4-2-4, com quatro atacantes, a estratégia era recuperar a posse e partir em velocidade nas laterais – estratégia ensaiada, mas que não funcionou.

Com o apoio da torcida, o time mineiro encurralou o Leão, administrando a posse de bola e quase abriu o placar em duas oportunidades. O primeiro lance ocorreu aos 17, em cabeçada de Thiago Neves que parou em Felipe Alves. Três minutos depois foi a vez de Orejuela exigir uma defesa do goleiro.

A etapa inicial então foi marcada por muitas faltas (16) e três cartões amarelos. Aos 47, no último minuto, o atacante Osvaldo puxou contra-ataque e sentiu uma lesão na coxa esquerda, precisando ser atendido logo que a partida foi encerrada.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, Ceni colocou Marlon na vaga de Osvaldo. A postura se tornou mais reativa, facilitando a pressão dos donos da casa.

O Cruzeiro passou a atacar mais, deixando até sete jogadores no campo de defesa tricolor. Aos 14, David quase abriu o placar em finalização que tirou tinta de Felipe Alves. A pressão foi tamanha que resultou em gol aos 34. Orejuela recebeu dentro da área e finalizou sem chances para Felipe Alves: 1 a 0.

Atrás no marcador, o Fortaleza se lançou ao ataque e foi para o tudo ou nada. Aproveitando cruzamento de Gabriel Dias, Wellington Paulista finalizou duas vezes para deixar tudo igual, aos 38 – 11º gol no Brasileirão. O Fortaleza então resistiu no fim e saiu do Mineirão com um empate.

Fonte Diário do Nordeste Site Miséria

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saiba mais