Ceará arranca empate contra o Vasco da Gama no Rio de Janeiro

Campeonato Brasileiro

Tiago Alves marcou o gol de empate do Vovô e ajudou na marcação (Foto: Reprodução)

Mais um confronto direto no Brasileirão da Série A – o terceiro seguido – e mais uma vez a igualdade no placar. No entanto, uma diferença: desta vez, o Vovô conquistou um ponto suado contra o Vasco da Gama, dentro do estádio adversário cheio, e com um jogador a menos. Argumentos mais que convincentes para que o empate do Alvinegro cearense contra o cruz-maltino seja encarado como uma vitória, diferentemente das igualdades contra Atlético/PR e Santos nas rodadas anteriores, ambas disputadas em Fortaleza.

Se por um lado o resultado fez com que o Vozão fosse, de fato, ultrapassado pelo Atlético/PR na tabela, saindo da 18ª colocação para a 19ª, o pontinho fez com que a equipe se aproximasse de outros três times que estão ameaçados de rebaixamento e que perderam na rodada: Vitória, Sport e Chapecoense, que estão mais próximos agora.

O jogo

O Ceará começou a partida estudando a equipe carioca, que aproveitou a pressão de sua torcida para ir para cima nos minutos iniciais do jogo. Em um primeiro tempo de muitas faltas, o goleiro Everson foi obrigado a fazer grande defesa ainda no primeiro tempo da partida em cobrança do meia Wagner.

Com o setor defensivo muito compacto, o Vovô passou a crescer na partida e aproveitar a fragilidade defensiva vascaína, principalmente pelo lado esquerdo onde contou com a velocidade de Leandro Carvalho e dos cruzamentos de João Lucas.

Em jogo de contra-ataques, o lance de maior perigo da partida saiu dos pés de um goleiro: Everson, batendo falta quase perfeita, mas que saiu ao lado.

Cochilo

No segundo tempo, o Vovô voltou com ímpeto inferior ao do adversário e passou a ser dominado. E foi assim que o clube cruz-maltino abriu o placar. Aos 14 minutos, em cruzamento na área do Vovô, João Lucas tentou afastar o perigo, mas acabou errando. Maxi López ficou com a bola, rolou para Wagner que soltou a bomba para abrir o placar. O lance do gol suscitou várias reclamações. O goleiro Everson argumentou que foi atrapalhado por Pikachu. Mas não teve jeito. Vasco na frente.

Acreditando e precisando de, pelo menos, um ponto para não se distanciar do primeiro time fora do Z4, o Ceará retomou a ofensiva. E, aos 20 minutos, saiu o gol do empate do Vovô. O meia Ricardinho cobrou escanteio na área, e o zagueiro Tiago Alves subiu mais alto que todos os marcadores vascaínos, testando a bola para o fundo das redes e deixando tudo igual.

Em falta imprudente do lateral-direito Samuel Xavier, o time cearense ainda ficou com um jogador a menos durante 15 minutos e precisou segurar a forte pressão dos cariocas do meio até o final da segunda etapa.

Na próxima rodada, o Alvinegro de Porangabuçu vai ao Estádio Morumbi, onde enfrentará os donos da casa, o São Paulo, às 11h, no domingo (26), pela 1ª rodada do returno da Série A do Brasileirão.

Fonte Diário do Nordeste Site Miséria

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.